terça-feira, 21 de agosto de 2012

Uns meses atrás achei que flertávamos

Uns meses atrás achei que flertávamos. Que você estivesse efetivamente flertando, ao que eu respondia como um descrente Alvy Singer. (Dizer que andei vendo Woody Allen demais e daí meu pouco apego a mediações soa melhor do que confessar meu ceticismo crônico.) Mas os desencontros são frequentes: diferenças no ritmo ou no olhar?

Damos um tempo. Dez, doze dias. As vezes três semanas ou um mês. Nunca é muito calculado, preciso. Depois desse tempo todo você sempre aparece cheia dessa sua charla e me chama para sair e dá umas indiretas que só são indiretas na minha cabeça. E a gente se vê com uma espécie de tensão muda, defensiva, muscular. E acabamos deixando o caminho de lado.

Outro tempo, diferente. Outra sensação, estranhamente igual.


Annie Hall, 1977. Diane Keaton e Woody Allen.