terça-feira, 23 de outubro de 2007

Apontamentos sobre uma noite passada

Estupro meus retinas e tímpanos para dançar a música que tu gostas.
Amanhã te levo na gafieira.

***

Cabelos dourados e cacheados no salão, unhas vermelhas.
Mas ninguém tem covinhas como as tuas.

***

Sou todo certezas, mas ainda sei sofrer.

***

Ficas indiferente, nem ligo.
E se ligasse, o que diriam?

***

Perguntas se te amo, digo que não.
Só minto no colchão.